QUAL O SIGNIFICADO DO BUQUÊ DA NOIVA ?

Você sabe qual o significado do buquê da noiva ?

Buquê de flores ou ramo de flores é o arranjo de flores usado pela noiva na entrada da celebração religiosa no dia do seu casamento. O Buquê pode ser preparado com diversas flores em vários formatos e modelos. A escolha do buquê é algo bem íntimo da noiva, pois ele tem que compor com o vestido e também com todos os acessórios utilizados pela noiva. Mas você sabe qual é o significado do buquê da noiva ?

A palavra buquê tem origem francesa “bouquet” e significa ramalhete. Ramalhete de acordo com o dicionário é um “pequeno molho de flores”, ou um “conjunto de coias muito bem escolhidas”. Temos então o entendimento que um buquê nada mais é um conjunto de flores muito bem escolhidas.

buquê da noiva, buquê de flor, Bruno Guedes, fotógrafo, Ubá mg, www.brunoguedes.com, fotógrafo mg, fotógrafo casamento, foto casamento, melhores fotógrafos

Embora a palavra “bouquet” tenha origem francesa, foi na Grécia antiga que se iniciou o costume da noiva levar flores através de ramos de ervas e alho durante a sua entrada no casamento. Por costume grego, as noivas utilizavam os ramos para atrair bons fluidos e afastar o mau olhado. No período da idade média as noivas faziam o trajeto a pé para a igreja, e no caminho recebiam flores, ervas e temperos para lhe trazerem sorte e felicidade, formando assim no final do trajeto um buquê. Foi na Europa que os arranjos tornaram-se mais sofisticados, com flores mais exóticas e acessórios.

No final do século XIX, era impróprio à mulher declarar abertamente seus sentimentos, então criou-se a “linguagem das flores” para demonstrar suas intenções sem falar uma palavra sequer. Os buquês passaram a ser escolhidos pelo significado das flores. Na antiga Polônia, acreditava-se que colocando açúcar no buquê da noiva, o seu temperamento se manteria “doce” ao longo do casamento.

Bruno Guedes, fotógrafo, Ubá mg, www.brunoguedes.com, fotógrafo mg, fotógrafo casamento, foto casamento, foto gestante, melhores fotógrafos, parma house, iran jacob, anita guedes

Antigamente as noivas confeccionavam dois arranjos. Um era abençoado por um sacerdote e preservado numa dorma de vidro e era exposto  na sala de sua casa ou no quarto.  O outro era arremessado para as mulheres solteiras da festa, sendo dessa maneira a próxima a se casar. Esse ritual é realizado até hoje em muitas cerimônias.

Com o tempo os ramos das noivas foram substituídos de ervas por flores, e ao final de cerimônia a noiva joga o buquê. A sabedoria popular possui diversas crenças para quem pegar o buquê onde dizem ser a próxima a se casar ou ter prosperidade no seu casamento futuro.

 

Os tipos de buquê mais utilizados pelas noivas são:

Buquê Redondo
Feitos com flores arranjadas em formato redondo é o mais indicado para as noivas com menor estatura. Combina com decotes arredondados e mangas curtas. Evitado o uso com vestidos com franzidos na cintura ou cauda.

Buquê Cascata
Um modelo mais sofisticado, para casamentos à noite. Também conhecido como “cacho de uva” porque a parte de cima é mais cheia de flores e a caída é feita com arranjos imitando uma cascata. O tamanho fica em torno de 45 cm, e por isso não é recomendado para noivas mais baixas e sim para as de maior estatura. Combina com modelos de vestidos mais pomposos, vestidos fechados, mangas longas, decotes princesa, quadrado e em “v”.

Buquê Braçada
Muito estiloso e pode ser usado por mulheres altas e em uma versão de tamanho menor pelas damas de honra, enquanto a noiva pode optar pelo redondo ou cascata. Bastante usado nos casamentos mais informais, deve ser carregado nos braços. Também fica ótimo com um modelo justos, com longas luvas e sem mangas. Também combina com um vestido matinal.

Atualmente as noivas estão optando por um arranjo de apenas uma flor, próprio em casamentos no campo ou na praia, tornando portanto um visual mais “clean” na cerimônia. Deve ser usado com vestidos mais simples, sem alças e de tecidos leves. A flor única deve possuir o cabo longo e como opção com um laço dando um ar de sofisticação.

O buquê nem sempre precisa combinar com os arranjos da festa e sim com o estilo da noiva.

Em casamentos realizados pela manhã ou à tarde, eles devem ser pequenos ou médios, de preferência feitos com flores do campo. À noite já pode ser maior, mais chamativo e feito com flores nobres.

A noiva tem a opção de flores naturais ou artificiais. Sendo que as flores naturais obtém um efeito de leveza.

Bruno Guedes, fotógrafo, Ubá mg, www.brunoguedes.com, fotógrafo mg, fotógrafo casamento, foto casamento, foto gestante, melhores fotógrafos

Cada buquê é confeccionado de acordo com o estilo e personalidade da noiva como:

Buquê Romântico: Buquês estilo redondo ou braçada, nas cores vermelha, rosa, pink. Pode-se sugerir os tons sobre tons e acabamentos com laços e fitas.
Buquê Exóticos: Flores exóticas com mistura de cores, padrões e texturas.
Buquê Delicado: Formato redondo, cores suaves, tamanho proporcional. Acabamento sutil com pequenas flores e cetim.
Buquê Clássico: Buquês formais, redondos ou em cascata. As rosas, tulipas e orquídeas são as mais indicadas.
Buquê Moderno: Flores e combinações mais inusitadas. Cores mais fortes e contrastantes. Formato redondo “desestruturado” com folhagens e elementos diversos

Bruno Guedes, fotógrafo, Ubá mg, www.brunoguedes.com, fotógrafo mg, fotógrafo casamento, foto casamento, melhores fotógrafos

Significados de algumas flores utilizadas nos buquês

Assim como os formatos a escolha da flor é muito importante, para o que ela pretende passar para os convidados, no qual representa muito da personalidade da noiva. Como por exemplo:

  • Cactus: perseverança
  • Copo de leite: reconciliação
  • Tulipa: declaração de amor
  • Coroa imperial: majestade, poder
  • Margarida: inocência, virgindade
  • Camélia: beleza perfeita
  • Cravo amarelo: desprezo
  • Lírio: pureza
  • Miosótis: fidelidade
  • Flores do campo: juventude
  • Celósia: fertilidade
  • Cravos variados: rejeição
  • Crisântemo: paixão
  • Rosas: amor em suas várias formas
  • Dália: crescimento
  • Hortência: frieza, indiferença
  • Dedaleira: falsidade
  • Gerânio escuro: tristeza
  • Dente-de-leão: oráculo
  • Gérbera: vida, energia

 

Por Bruno Guedes, fotógrafo de casamentos.
Olá, meu nome é Bruno Guedes e sou fotógrafo com especialização em casamentos, fotos de família, ensaios e partos. Durante alguns anos venho semanalmente atendendo a muitas noivas e percebi que grande parte delas tem as mesmas dúvidas e questionamentos bem parecidos. Pra solucionar uma parte desse problema resolvi utilizar esse espaço em meu site para compartilhar informações sobre as maiores dúvidas sobre os casamentos, além de deixar aqui algumas dicas úteis para as noivas. Entre, acesse e fique a vontade. Se tiver alguma dúvida a mais é só entrar em contato comigo


fotógrafo de casamentos em Ubá MG, fotógrafo de casamentos, melhores fotógrafos do brasil

bruno guedes, bruno fotógrafo, bruno guedes fotógrafo, fotógrafo de casamentos, fotógrafo de momentos felizes

Bruno Guedes – Fotógrafo de momentos felizes…
Site: www.brunoguedes.com | E-mail:  bruno@brunoguedes.com
+55 32 9 9810-9880 | +55 32 9 9816-0924

“Façam tudo com amor.”
1º Cor 16:14